“Bait” é o recente thriller que envolve um dos animais mais perigosos – o tubarão. Este filme ainda não chegou aos cinemas portugueses, apesar de já ter sido lançado o dvd/bluray. Realizado por Kimble Rendall, “Bait” apenas estreará em dezembro deste ano no nosso país. Como elenco temos Richard Brancatisano, Xavier Samuel (já visto em “A Saga Twilight: Eclipse”), Chris Bett, Phoebe Tonkin, entre outros.

A história da longa-metragem centra-se num centro comercial, situado numa cidade costeira, que foi atingido por um forte tsunami, que por sua vez trouxe consigo os tubarões brancos que já ameaçavam a praia ao longo da estação. Com isto o elenco é formado por indivíduos carismáticos, onde irão partilhar o mesmo momento de medo e pânico e lutar pela sua sobrevivência. Inicialmente, pensam apenas que têm que sobreviver à catástrofe natural, contudo são surpreendidos pelo tubarão branco que circula nas águas que inundam o local, faminto por comida. Assim, começa o desafio de lidar com o animal, associado aos problemas internos do grupo.

Apesar da história ganhar pela diferença ao basear-se no tsunami, os efeitos especiais deixam muito a desejar para um filme deste tipo. É cada vez mais decepcionante ver filmes que se centram em figuras animais perigosos, como tubarões, cobras e piranhas e, apresentarem efeitos visuais de fraca qualidade, estando nós no ano 2012. E, assim, comparo com o filme de 1999, “Oceano Perigoso”, que também usa os tubarões como ameaça para o Homem, e considerando o ano de realização, foi o melhor filme até hoje deste típico género. Passados mais de 12 anos, parece que pioraram a qualidade cinematográfica, com o uso corrente às tecnologias de computadores notáveis à vista do público.

Relativamente à qualidade de encenação do elenco, não é dos piores, destacando de forma positiva a jovem atriz Phoebe Tonkin, que já tem mostrado “dar cartas” no mundo das séries, e, durante o filme, mostra ser a personagem feminina com maior destaque. Porém, Chris Bett não demonstra qualidade artística, notando, por vezes, alguma encenação forçada.

Assim, é um filme razoável para entreter e provocar alguns sobressaltos, mas não passa daí, para quem aprecia todos os pormenores cinematográficos.

Nota Pessoal: 4,5/10

Bait
M12|Acção, Terror, Thriller|Australia|91m, IMDB: 5,1/10 (1,979 votos)
Anúncios